A REDE DE APOIO E SUA IMPORTÂNCIA

1268Visualizações 2020/7/5
1 0 Salvar Denunciar
  • Clique para assistir mais tarde
X
  • Faça o login para usar
X
  • Feedback enviado com sucesso
Anúncio
+ Expandir - Retirar
Próximo vídeo
Comentários de usuários
  • Fui Ali

    É a coisa que mais falta atualmente. Minha mãe disse que na época dela o maternar era mais leve porque contava-se com a ajuda da mãe, da sogra, das irmãs, primas, vizinhas... a casa nunca estava vazia. Nos dias atuais tem essa pressão de que a mulher tem que se mostrar forte dando conta de tudo sozinha, ou até prefere fazer tudo sozinha porque não quer ouvir "palpite alheio". Eu me arrependo de não ter acordado antes para o fato de que pedir ajuda não é fraqueza e nem vergonha.

    + Expandir - Retirar
  • Vänia de Oliveira Igreja

    Bom dia linda! Se pudesse daria mais que um like. Bjs

    + Expandir - Retirar
  • Michelle Lima

    Acho ótimo ter ajuda (tenho), mas é complicado tb. São muitos palpites que vêm junto com a rede de apoio, atrapalhando às vezes. Meu pós parto foi psicologicamente muito difícil e ter gente o tempo todo em volta, me dizendo o q eu tinha q fazer e como fazer, me deixou insegura como mãe. Um dia eu precisei dizer chega para poder criar a minha bebê do meu jeito, conforme o q eu achava correto e só quando fiz isso, eu e minha bebê começamos à nos conhecer e nos entender. É muito importante e bom ter ajuda, mas acho q tem haver respeito mútuo e limites. Eu mesma, depois de muita dor de cabeça, preferi reduzir ao máximo a minha rede e prefiro até ficar sozinha, só eu, minha filha e meu marido.

    + Expandir - Retirar
  • Francini Marin

    E quando você nasceu no lar disfuncional e sua família pra ajudar mora em outra cidade. E quando a família paterna desaparece. É o que eu vivo hoje. Sofro muito. É muito difícil

    + Expandir - Retirar
  • Se vira nos 30

    Shyrlei, vc pode fazer um video dando dicas sobre como lidar quando a gente "pega abuso" de alguem na gravidez? Tem uma pessoa que eu adoro na minha familia mas desde que engravidei ela me irrita muito! Tenho medo de nao conseguir disfarçar, pior que é uma pessoa que quer ajudar a cuidar da minha bebe quando ela nascer. Espero que passe depois do parto. Aconteceu isso com vc na gravidez? De ficar com raiva de alguem sem explicação?

    + Expandir - Retirar
  • Dayane Almeida

    Triste e qnd vc tem uma Sogra por perto q vc n tenha confiança , Ela só quer saber da minha filha qnd tudo bem! E complicado

    + Expandir - Retirar
  • Meire Helen Marques

    É exatamente o que estou vivendo! Muito exausta estou

    + Expandir - Retirar
  • suellen susu

    Nossa me vi aí, estou sozinha cuidado de gêmeos, ( e um de 7 anos) Se for pagar uma pessoa para me ajudar é mais de mil reais, minha mãe mora longe e minha sogra tem 72 anos não tem condições. As vezes me pego chorando e não sei pq! ????

    + Expandir - Retirar
  • Letícia Mzz

    Estou gravidado meu segundo filho e amei seu vídeo! Sou médica, moro longe da minha família e não pude ter essa rede de apoio qndo meu primeiro filho nasceu... Penei mto! Eu ficava extremamente cansada. Tinha dias q eu não lembrava de comer ou ir ao banheiro. Espero que consiga fazer diferente dessa vez!

    + Expandir - Retirar
  • Chaene Bernardes

    Oii super inscrita! Amo os vídeos do canal. Criei um canal também com o tema maternidade. Dá uma passadinha lá ❤ Desde de já muito obrigada ????

    + Expandir - Retirar
  • Grazy Libanio

    Sofri muito com isso , no começo eu gostava mas me senti tão sozinha que tive depressão pós parto. Graças a Deus hoje estou bem melhor!

    + Expandir - Retirar
  • Priscilla Biagi

    Que lindo vídeo!! Agradeço a Deus pela vida da minha mãe e meu esposo quando minha filha nasceu!!! É de extrema importância termos esse apoio dentro de casa!!!

    + Expandir - Retirar
  • sheila mãe de princesa

    Estou na mesma situação,precisando de uma rede de apoio.

    + Expandir - Retirar
  • Drieli Martins

    Quando meus gêmeos nasceram eu tive uma rede de apoio enorme. Mas eu não quis ter... não sei o que aconteceu comigo acho que foi tristeza materna, (eles ficaram 43 dias na Uti neonatal) pois eu tinha muito ciúmes dos meus filhos e não aceitava ajuda nenhuma e também porque eu não queria depender de ninguém pra cuidar dos dois. Só quando eles tinham 9 meses que fui melhorando esses sentimentos e passei a sair e deixa-los com meus pais e realmente essa saidinha muda a vida da mãe! Me sinto muito mais disposta pra cuidar deles quando vou a academia ou quando saio pra jantar com meu esposo. Eu ainda cuido deles dois sozinha o dia todo mas a noite vou a academia com meu esposo e deixo ou com os avós paternos ou maternos. Mas não me arrependo de não ter aceitado ajuda porque isso me proporcionou aprender a me virar sozinha com os dois criei minha rotina e vivo bem com eles, claro que tem momentos de stress mas nada fora do normal.

    + Expandir - Retirar
  • Keite Tostes

    Mais uma vez concordo plenamente com você! Tenho uma filha de 15 anos e uma bebê de 1 ano e 1 mês. Nos dois partos tive o privilégio de ter uma grande rede de apoio, entre meus pais, minhas tias, cunhadas, enfim, feliz daquela mulher que pode e aceita contar com a ajuda de quem está disposto a fazer o melhor por ela e por sua familia. Grande beijo

    + Expandir - Retirar
  • Neila Mara Fonseca

    Ah como amo seus vídeos!!!

    + Expandir - Retirar
  • Fabiola Freire

    Amei o vídeo! Infelizmente me vejo sem essa rede

    + Expandir - Retirar
  • Lia Farias

    Olá.... gostei mto do vídeo...mto bom o tema! Ah! Vc está mto bonita a maquiagem está perfeita????????

    + Expandir - Retirar
  • Juliana Doerner

    Sintoooooo muitaaaa falta de uma rede de apoio além da pessoa que trabalhar comigo, Shi! Moro longe da família e sinto muita falta mesmo. Adorei o vídeo! Beijinhos

    + Expandir - Retirar
  • Fernanda Quirino

    NOSSA SHIR, fico pensando que deve ser mesmo super CANSATIVO... Tenho medo, meu irmão fala da paternidade como se fosse um TERROR, ele é completamente traumatizado... fico ate com medo quando ouço dela sobre ser pai, ter filho... Enfim tento ver outros lados neste momento que estou " ESTUDANDO " a possibilidade de me tornar MÃE , nunca achei que diria isso , até pouco tempo atras filho pra mim era NEGATIVA absoluta, era sempre NÃO, NÃO e NÃO . Já revejo melhor estas questões dos " NÃOS ". E quanto a vc , obrigada pelos videos.

    + Expandir - Retirar
  • Raquel Macedo

    Parabéns pelo video Shi....eu preciso de ajuda e não dou conta sozinha..isso sim é a realidade...eu consegui um verdadeiro anjo que me ajuda durante a semana toda....a babá do meu pequeno...e aos finais de semana ele fica integralmente sob meus cuidados...mass....com o passar do tempo acho que conseguimos ficar mais tranquilas relativo as "ajudas" que nos oferecem né...passamos a ouvir as criticas com um pouco mais de suavidade tb! Beijos e parabéns pelo canal!

    + Expandir - Retirar
  • Agatha Duarte

    Eu sei como é, estar sozinha. E não poder contar com essa rede de apoio.

    + Expandir - Retirar
  • Agatha Duarte

    Eu adoro você é sua família é linda!

    + Expandir - Retirar
  • Ariane Naya

    Perfeito Shirley! Fiz um curso sobre desenvolvimento infantil e foi batido muito nesta tecla do proverbio Chines, é necessário uma aldeia inteira pra criar uma criança. Fale um pouco sobre mães que querem empreender, sei que você já abordou este assunto, mas conte mais um pouco de sua experiencia!

    + Expandir - Retirar
  • Andressa Pereira

    Feliz de quem tem né, eu não tive, nenhuma mulher pra vir mim ajudar a trocar nem uma fralda da minha filha mim virei...e mim viro a "rede de apoio" aqui só serviu pra falar desaforo e agora com ela maiorzinha puxar saco...Não confio...enfim Parabéns pra você mulher.

    + Expandir - Retirar
  • Luíza Souto Dias

    Esse vídeo veio bem a calhar porque eu gostaria de agradecer muito a pessoa que mais me ajudou até agora que é a minha sogra. Tenho uma profunda gratidão por todas as vezes que precisei e ela me socorreu. Hoje ela está hospitalizada pois foi submetida a uma cirurgia por causa de um aneurisma cerebral e está em recuperação. Acabei de chegar da visita e agora é a nossa vez de retribuir toda a GRATIDÃO que tenho pelo amor que ela acalenta pela minha filha. Tenho certeza que ela vai ficar boa logo,pois seremos a rede de apoio que ela sempre foi para nós.

    + Expandir - Retirar

Isenção de responsabilidade:

Este site oprera upload artigos em tempo real. Não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa a opinião pessoal dos redatores e não é a posição deste site. O usuário não deve confiar no conteúdo, mas deve julgar a autenticidade do conteúdo à sua própria.Os redatores têm o direito de escrever artigos neste site.

Como o site está sujeito ao modo de operação "publicação em tempo real", portanto, o sistema não pode verificar todos os artigos a tempo. Se você encontrar um problema, deixe uma mensagem ou entre em contato conosco.

O site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e rejeitar a publicação de qualquer pessoa e também o direito de não excluir o artigo. Nunca escreva linguagem ofensiva, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais. Este site reserva todos os direitos legais.